Nutrisafety Como evitar o Desperdício de Alimentos

Como evitar o Desperdício de Alimentos

contaminacaocrizada-670x216

Diariamente desperdiçamos o equivalente a 39 mil toneladas de alimentos por dia, quantidade esta suficiente para alimentar 19 milhões de brasileiros, com as três refeições básicas: café da manhã, almoço e jantar, ou seja, comida é o que não falta! Sendo assim, aproximadamente 64% do que se planta é perdido ao longo da cadeia produtiva:

  • 20% na colheita;
  • 8% no transporte e armazenamento;
  • 15% na indústria de processamento;
  • 1% no varejo;
  • 20% no processamento culinário e hábitos alimentares.

Isso nos faz pensar que se o desperdício for evitado ou controlado, a quantidade de alimento produzido poderá suprir as necessidades da maior parte da população, pois um dos principais problemas da fome no Brasil e no mundo é a distribuição inadequada dos alimentos proveniente das ações humanas!

Vale destacar que, principalmente em estabelecimentos que servem alimentação ocorre um grande desperdício de alimentos, como das frutas, legumes e verduras, devido descartarem aquelas partes dos alimentos que se julgam não convencionais, como as cascas, folhas, talos e sementes, juntamente com a ausência de um controle de armazenamento correto e treinamento e de um controle da quantidade a ser produzida com a quantidade que será distribuída e consumida pelos clientes.

Uma das maneiras de minimizar o desperdício e melhorar a alimentação fornecida é o Aproveitamento Integral dos Alimentos (AIA), que visa utilizar as partes não convencionais dos alimentos e que geralmente possuem maior valor nutricional, aumentando assim o consumo de FLV (frutas, verduras e legumes) e podendo até, reduzir os custos.

No entanto, estas ações seriam insuficientes se o problema não for tratado em sua origem: ou seja, minimizando a cultura do desperdício e estimulando o não preconceito em relação às partes não convencionais dos alimentos. Trata-se de uma ideia única por ser sustentável em diversos aspectos, envolvendo questões de responsabilidade ambiental, social, econômica e nutricional.

Portanto, evite jogar toneladas de alimentos, principalmente daqueles já prontos no lixo!

Sendo assim, um profissional Nutricionista trabalhando com a educação deste contexto, poderá, através de trabalhos voltados para o aproveitamento integral dos alimentos, conscientizar a população para a diminuição do desperdício e gastos com alimentação, melhorando a qualidade nutricional do cardápio juntamente com a criação de receitas novas, criativas, muito saudáveis e de baixo custo.

Aproveitar Integralmente os Alimentos depende de disciplina e boa vontade!

Aproveite os alimentos como um todo para aproveitar uma vida toda com saúde, segurança e consciência!

 

Elaborado por: Yáskara Orban | Nutricionista

Categorias

Nossas Redes Sociais

  • Google+
  • Twitter
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Youtube